06 setembro, 2007

Reflexões

Quando oiço aqueles xicos espertos que pensam que sabem tudo e têm resposta para todos os problemas do universo, mesmo os globais, os gerais e os pessoais,ponho-me a pensar quão fácil deve ser a vida deles.

Existe um facilitismo enorme em resolver as questões dos outros...de tal forma que me leva a pensar que não queremos olhar para nós.

Parecemos pequenos moldes de pequenas soluções.

E, existem os que complicam as vidas que de si são fáceis e fazem um bicho de sete cabeças de todo e qualquer problema que lhes aparece pela frente.

Que raio...há famílias a passar por dificuldades, crianças que choram de infelicidade, violência e oiço falar na mesa ao lado de um qualquer lugar que " alguém " está mais gordo.

Sim,coitada, passou do 34 para o 36. pois, é verdade, este ano em vez de umas fériazinhas em Espanha, França ou Brasil ,vai para o Algarve.

E??? Acordem para a realidade. Existem livros nas prateleiras, jornais para ler. gente para ajudar.

Há sempre alguma coisa para aprender e o tamanho dumas calças de ganga e as milhentas desculpas para não se fazer nada pela vida não é uma delas.

Sem comentários: