22 dezembro, 2007

Um postal de Natal

Procurei em toda a parte
pelas palavras mais bonitas,o melhor texto, aquele que não fosse nada mais ,nem nada menos que "Joy".

E encontrei guardadas na minha infância, as melhores palavras,os maiores sorrisos, o cheiro inconfundivel
da inocência e o sabor da alegria

que me fazem lembrar o avental caido no chão, a massa a levedar, a pequena prenda escondida, a melhor toalha ou a toalha mais alegre, os primos chegados e afastados,o tio que não via desde o último casamento.

O abraço, a lágrima traquina e contente,
tudo envolto num grande e bonito postal de Natal.

E que a esta infância que se exige todos os dias, a este postal a preto e branco que se quer colorido,se complete com um grande e enorme laço vermelho

Vermelho de paixão e de felicidade.

Sejamos tolos um dia e crianças todos os outros.

Um FELIZ, MARAVILHOSO e FANTÁSTICO NATAL.

E que o ano que vem seja o ,Vosso, Nosso Ano.

Para ti, bonequinha, sempre o meu melhor

1 comentário:

*Artes da Sereia* disse...

Gostei muito do seu blog
tem aqui trabalhos maravilhosos
beijinhos
sandra