23 julho, 2008

Como nos protegemos?

Hoje em dia, passeamos na rua agarrados à mala, com os punhos cerrados, com medo.
Chegamos a casa, trancamos a porta, fechamos as janelas e ficamos na expectativa que tudo corra bem.
Olhamos para os nossos filhos e pensamos...é este o mundo que queremos para eles? Vivemos a olhar para o futuro, presos no presente e com saudades do passado.
Não terá sido a nossa infância melhor do que a deles? Quantas árvores subi?De quantas caí?Foram tantos os arranhões, tantas as alegrias.
Vivemos num país, em que é mais importante investir num TGV, do que na nossa segurança, na nossa educação...?
É mais importante mostrar aos outros que o casaco que vestimos é de marca? É mais importante do que o pequeno almoço que damos às nossas crianças?

Se do bolo existente, uma fatia é nossa, não temos nós o direito de reclamá-la?De saber para onde vai? Este é o nosso país, estes os nossos governantes,fechados no seu casulo, sem noção de como nós, povo, estamos a sobreviver.

Acordem.

3 comentários:

Atelier da Casaleira disse...

olá:) bom dia

gostei do comentário que retrata bem a sociedade em que vivemos:)

e subescrevo as tuas palavras.

beijinhos e visita-me no atelier da casaleira

Cor de Mel disse...

Olá Kikinhas,
Gostei deste teu post", pois é, de facto, muito pertinente e verídico!!!
Quanto aos teus últimos trabalhos, amei todos, sem excepção, pela beleza e graciosidade dos mesmos!!
Beijinhos e continuação de uma boa semana,
Lia.

xanae disse...

Gostei imenso dos teus trabalhos!!!

passa no meu blogse kiseres...

http://artes-xanae.blogs.sapo.pt

Bjokas